domingo, 6 de fevereiro de 2011

A Alma

A alma meu caro...
concreta matéria condensada
na máquina-corpo-homem.

A natureza humana...
cultural criação
da dialética antitesiática
da social relação
de cada instante histórico inscrito.

O exterior aí está!
Hoje assim como ontem
e para amanhã todas as possibilidades.
O mundo físico não muda
a não ser naquilo que a alma interage.

E, se alma-matéria
se matéria-energia
se energia-produção eletromagnética...
a alma comanda a máquina
em sua ação direta.

A natureza - nada perder-se!
constante transformação em movimento.
Negar a metafísica...
tão estúpido quanto afirmá-la.
Compreenda...
quando a máquina oxigena-se em ferrugem
abandonando-a, a alma morre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário