domingo, 6 de fevereiro de 2011

Desejo

Luz...
deixe a luz acesa
quero ver teu corpo
enquanto te amo...
quero olhar
tua nudez deita,
quero a luz
clareando tuas curvas...
quero sentir minhas mãos
passeando em teus seios
e deslizando por dentre tuas pernas...
quero nossos corpos nus,
colados,
viver um sacrilégio santificado.
Apague a luz...
no silêncio da escuridão
quero morrer
dentro de você.


Nenhum comentário:

Postar um comentário