domingo, 21 de agosto de 2011

A ILHA




Estava eu a navegar
em pleno alto – mar
quando de longe avistei
uma pontinha de terra
e aves a pousar.

Atraquei meu barco ali
e a noite não demorou a vir
a Lua e as estrelas
brilhavam em tons singelos
e tudo naquela ilha era belo.

No céu começou a formar nuvens:
- vai chover! – pensei –
mas logo a Lua voltou
com todo o seu esplendor.

E quando o sol retornou
com todo o seu calor
pus meu barco n’água
e voltei para casa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário