sexta-feira, 1 de abril de 2011

Alucinógenos


Enquanto a guitarra
rasga o espaço
com seu som alucinógeno,
eu embarco
em uma viagem psicodélica
sentindo em minha boca
o sabor doce do absinto
e a fumaça macia
de um cigarro de palha.

As luzes iluminam a cidade
Na noite fria de quinta-feira...
a melancolia dança pelos ares
ao som da música hipnótica.
Lá dentro me esperam
pra mais uma presença na aula.
 
O mestre pedante no pedestal
mostra aos a-lunos a ignorância
e lhes ensina o caminho da verdade.

E já não posso ouvir a música
pois tá chegando a hora
e tenho que ir pra aula
ouvir coisas duvidosas
e silenciar em minha resposta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário