quarta-feira, 6 de abril de 2011

Pôr Do Sol No Fim De Tarde

A cidade se abre
em morros e vales
de uma floresta de concreto.

A vida vai passando
na velocidade que a brisa
vem empurrando as nuvens do céu.

As pessoas caminham
de um lado para outro
no corre-corre de seus deveres
e o fim do dia anuncia
a noite dos prazeres.

Cai a tarde
e o sol esconde-se
atrás do litoral.

A natureza, artista perfeita
pinta a aquarela multicor
no contraste crepuscular.

O véu celeste se descortina
mostrando ao mundo
a paisagem do paraíso.

E os olhos do Poeta,
alegres se umedecem
na contemplação da face divina.      

Nenhum comentário:

Postar um comentário